GerbilECia no Insta

Gerbil Black / Panda - Tudo Sobre a Cor

Nos gerbils a cor preta é chamada de Black independente do idioma em que se fala. Então o esquilo da mongólia é preto, mas é chamado de Black sempre! Ok? 


GENÉTICA FORTE

Dizemos que o Black tem genética forte, pois quando se cruza um deles a chance de nascerem somente filhotes Black é enorme. É bem comum ver gente cruzando um gerbil black com outro de genética recessiva boa e tendo ninhadas de 6, 7 filhotinhos pretos, sem nenhum de cor diferente. Por isso, cruzar um Black é arriscado e é preciso ter consciência das altas chances de virem todos os filhotes black sempre.



Por quê nasce tanto Black?

Porque a genética dos Blacks é barriga "aa", "E-", "G-" e olhos "Pp" ou "PP". Traduzindo, a genética comum é o gerbil ter "E" e "G", já que o "e" e o "g" são raros e não existem em diversos estados Brasileiros. Então, dependendo do estado, todos os gerbils são "EE" e "GG".
Os genes C dos black podem ser qualquer coisa! Se o gerbil tiver um "C", ele será um black. Se ele tiver dois genes colorpoints como "c[h]c[hm]" ou "c[hm]c[hm]" ele será Siames ou Burmes, respectivamente. Lembrando que tanto o siames quanto o burmes são gerbils black e podem ter apenas filhotes da cor black se cruzarem com outro gerbil de genética "CC" ou "C-"! Ou seja, se o parceiro tiver genes Colorpoint, nascem filhotes de cores diferentes, mas se o parceiro tiver apenas o CC, mesmo cruzando um siames ou burmes só nascem blacks. 


Em resumo, qualquer gerbil com genética normal que tenha barriga "aa" e olhos pretos será black. 

SE QUISER CRUZAR UM BLACK, PELO MENOS ESCOLHA UM PARCEIRO QUE TENHA MARCAÇÃO, POIS PELO MENOS EXISTE A CHANCE DE VIREM PANDAS AO INVÉS DE BLACKS SÓLIDOS E DIFÍCEIS DE VENDER OU DOAR.




GERBIL BLACK EM VÁRIAS IDADES

Aqui um conjunto de fotos mostrando o esquilo da mongolia black do nascimento até a fase adulta.



IDENTIFICANDO O FILHOTE BLACK

Não é difícil descobrir que aquele determinado filhote será black. Eles já nascem escuros, cinza escuro com olhos pretos.ma partir do 3º dia de vida, já dá para perceber que a barriga do filhote também é cinza. E a certeza absoluta de que não se trata de um agouti, mas sim de um black, é quando os pés (tornozelos) escurecem e ficam pretinhos. Nos dias seguintes o filhote só irá escurecer até a chegada dos pelos negros. Aqui tem algumas fotos de filhotes black.



GENE SLS E AS MARCAS BRANCAS

95% dos gerbils Black possuem um gene chamado de sls que dá as marquinhas brancas no queixo, pescoço, peito e patinhas, além de pelos isolados espalhados pelo corpo. Aqui imagens das marcas brancas que o gene sls dá aos gerbils pretos.



Um gerbil com essas manchas brancas NÃO É UM GERBIL MALHADO! Ele não tem o gene Sp+ e não pode ter filhotes malhados. 


PORQUE O BLACK MALHADO VIRA PANDA?

Um gerbil de qualquer cor recebe o gene malhado Sp+, fica com a marcação na cabeça e rabo, mas as patas, barriga e queixo ficam da cor original dele. Quando o gerbil que recebe o gene malhado Sp+ tem o gene sls que dá as manchas brancas, ele não fica apenas com a cabeça e o rabo malhados. A barriga e as patas dele, que deveria permanecer da cor original do gerbil, se transformam em branco. Ai ele vira um gerbil panda!


Olha só a diferença de um gerbil black e de um panda quando filhotes! Se não fosse o gene sls, os dois teriam barrigas e patas pretas iguais.


O gene Sp+, se vier em um gerbil que tenha genética recessiva, como olhos Pp ou genética Ee, pode deixar a cor do gerbil mais clara. Esse pandinha, por exemplo, ficou cinza na maior parte do corpo. Aqui tem uma foto dele desmamando, uma dele adolescente e uma dele adulto.





Nesse vídeo eu mostro a diferença do gerbil black pro gerbil panda e explico um pouco da genética deles! Os gerbis do vídeo são este pandinha das fotos e o irmão dele, black.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e vídeo: Vivian Roncon