Pesquise Aqui!

Custom Search

Respeite o Blog!

O conteúdo aqui encontrado foi escrito por mim, com base em muito estudo, conversa com criadores brasileiros e estrangeiros, consultas com veterinários e com especialistas em roedores e animais exóticos. Nos meus artigos eu passo um pouco da experiência que adquiri desde 2003 criando esquilos da mongólia, então não roube o meu material, pois isso é crime. O intuito aqui é ajudar os gerbils e seus donos! ^_^

Ninhada Burmês Pied X LCP Nutmeg

Burmês Pied: aachmchmEeG*PP
LCP Nutmeg: aachchmeeG*Pp

Cores possíveis de filhotes (malhados ou normais) são:
- Burmês
- Siamês
- LCP Nutmeg
- CP Nutmeg

NASCIMENTO 01/09/2016



Ninhada Panda Light Mottled X Burmês Steel

Panda Light Mottled: aaC*E*G*Pp
Burmês Steel: aachmchmE*G*Pp

As cores possíveis de filhotes (malhados ou normais) são:
- Black
- Burmês ou Siamês 
- Sapphire
- PEW 

As cores que nasceram foram:
- Panda
- Panda Light Mottled
- Black
- Sapphire

NASCIMENTO 31/08/2016



Rações Extrusadas para Gerbil

Rações Recomendadas:
A Ração extrusada é o ingrediente PRINCIPAL da alimentação dos gerbos e por isso é indispensável, podendo inclusive ser dada sozinha. Mas não pode ser qualquer ração extrusada, porque algumas marcas não servem para gerbil, apenas para hamsters e coelhos. Então a marca da ração extrusada do mix deve ser uma destas citadas, que são AS ÚNICAS que servem para gerbil:
  • NutriGerbil
  • Nutrópica
  • Serelepe
  • Alcon Club
  • Hercosul
  • Nutriroedores
 

Rações Não Recomendadas:
Essas são as extrusadas que NÃO SERVEM como alimento dos gerbo. Elas até podem ser misturadas ao mix, em pequena quantidade, mas APENAS se no mix você já tiver uma grande quantidade de uma das rações extrusadas liberadas! As que não servem de alimento são:
  • Funny Bunny
  • Rói
  • Alcon Sticks

MIX CASEIRO FÁCIL para Gerbil / Esquilo da Mongólia

Existe 1 milhão de receitas de mix para gerbil rolando na internet, mas algumas são bem complexas e pela dificuldade de montar elas as pessoas acabam dando uma alimentação ruim. Nem todo mundo tem tempo e dinheiro para montar o mix que ensinam na internet como sendo ideal. Então esta é uma receita BÁSICA e FÁCIL que qualquer pessoa pode fazer em casa! 
A ração de gerbil é formada por 3 componentes básicos que não podem faltar.

Alimentação básica (itens obrigatórios):
  1. Ração Extrusada (Nutrópica, Serelepe, Hercosul ou Alcon Club)
  2. Ração de gato ou cachorro
  3. Mistura de sementes para periquito ou calopsita
Apenas esses 3 ingredientes já podem ser dados como alimento para um gerbil! Mas para que a alimentação fique completa e balanceada, você pode acompanhar a receita do mix abaixo.
Os outros itens você pode ir colocando no seu mix conforme conseguir comprar ou quando quiser. Meu mix nunca é igual. Todo mês eu ponho um opcional novo e retiro outro da receita. Assim os gerbos sempre comem de tudo e o mix muda constantemente.

Segue a receita completa do mix, com a quantidade de cada ingrediente. Você não precisa seguir o peso à risca, mas pelo peso descrito de cada um, você tem como ter uma idéia da quantidade que deve misturar na ração dos seus gerbos.

INGREDIENTES DO MIX:
  • 500g de ração extrusada (Nutrópica, Hercosul, Alcon Club ou Serelepe) 
  • 100g de ração de gato e/ou cachorro 
  • 200g de mistura de sementes para periquito/calopsita
  • 100g de aveia em flocos grossos 
  • 100g de milho branco de canjica
  • 100g de ervilha ou lentilha  
  • 50g de semente de girassol
  • 4 cascas de ovo quebradas
OPCIONAIS:
  • 50g de bolacha cream cracker integral
  • 100g de corn flakes sem açúcar 
  • 50g de proteína de soja texturizada 
  • 100g de arroz integral  
  • 100g de Alcon Stick 
  • 100g de grão-de-bico  
  • 50g de labina 
  • 50g de semente de abóbora
  • 20g de dente-de-leão (erva seca vendida em feira) 
  • 100g de ração de coelho (para animais magros) 
  • 100g de farinhada de ovo para canários 
  • 100g de ração para trinca ferro ou sabiá
  • 100g de alfafa ou extrusada com alfafa (Rói funciona) 

ALIMENTOS COMPLEMENTARES / PETISCOS:
  • Couve
  • Espiga de milho verde crua
  • Maçã sem sementes
  • Uva Passa sem sementes
  • Ovo cozido
  • Amendoim 
  • Brócolis
  • Espinafre
  • Cenoura
  • Banana
  • Pêra
  • Biscoito de cachorro
  • Tenébrios
  • Grilos 

Os chamados "alimentos úmidos" são muito importantes e complementam a alimentação dos roedores. As proteínas e vitaminas que eles tem dificuldade de retirar das sementes, podem facilmente ser encontradas dessa forma. O importante é lembrar que estes alimentos não podem apodrecer na gaiola! Dê em pedaços grandes para que não sumam na forração, deixe eles comerem (durante toda a noite, por exemplo) e depois retire o que sobrou para que não atraia insetos e mau cheiro para seus bichinhos. O milho verde é o único que você pode deixar na gaiola até que eles comam todos os milhos da espiga. 
Todas as frutas devem ser oferecidas sempre sem sementes, pois elas são tóxicas aos gerbos. 

OBS: Você nunca deve dar nenhum alimento ácido, pois eles destroem  flora intestinal dos roedores... Está totalmente proibida a ingestão de Feijão, Alface, Laranja, Limão, Abacaxi, Maracujá.

Receita do Mix: Vivian Roncon, com orientação nutricional de especialistas.

Dermatite causada pelo uso de serragem

Esse gerbil foi resgatado em uma pethsop nessa condição revoltante!
A perda de pelos e o inchaço são por uma dermatite alérgica causada pelo uso de forração errada.
Por isso falamos tanto para NÃO USAR SERRAGEM NUNCA!





Imagens e resgate feitos por Roberto Bonoto Medeiros

Quanto custa um Gerbil? /// Guia de Venda


Os esquilos da mongólia podem ter preços muito variados. No geral, o valor de cada gerbil depende de:
  • Cor - Se é rara ou comum
  • Genética - Se é recessiva, dando oportunidade de genes escondidos
  • Marcação - Se é malhado ou não
  • Disponibilidade - Quanto menos gerbil existe na região, mais caro ele será
  • Qualidade - Criados para pet, reprodução ou alimento vivo em biotérios
  • Personalidade - Animais mansos são mais caros que animais ariscos
Então cada estado tem uma média de preço para gerbil comum, com aqueles mais especiais vendidos mais caro.



Você pode vender seus animais escolhendo um valor entre 15 e 20 reais para as cores comuns (agouti, argente, black, pew, sapphire, dove, lilac...) e acrescentar 10 reais para quando eles tiverem marcação (malhados). Também pode acrescentar 10 reais em animais de genética especial como os ee e gg (nutmeg, DEH, polar fox, gray agouti, slate, yellow fox...). As cores difíceis de vender você pode por um preço mais baixo.

Eu sigo a seguinte tabela, que vocês podem seguir também:

- Cor em promoção: 15 reais
- Cor comum: 20 reais
- Cor comum malhada: 30 reais
- Cor ee ou gg: 30 reais
- Cor ee ou gg malhada: 40 reais
- Siamês ou Burmês: 40 reais
- Siamês ou Burmês malhado: 50 reais

Sendo assim, de acordo com a cor e a marcação do gerbil, o preço varia de 15 a 50 reais.
Independente do preço e da cor escolhida, você sempre pode fazer uma promoção para quem levar uma dupla do mesmo sexo. Exemplo: 1 custa 20 reais, se levar 2 custa 30 reias.


Muita gente pode achar errado vender o animal, decidindo então doar seus filhotes. Mas faço esse texto para que todos entendam a necessidade de vender o animal ao invés de doar! 
Doação é um excelente gesto, mas desde que seja feita: 
  • Para amigos
  • Para quem já tenha e com certeza irá tratar bem
  • Para outros criadores como você
 Caso contrário, as pessoas não dão valor ao animal. Lembre-se: Tudo que vem fácil vai fácil. As pessoas muitas vezes não querem o bicho, ou pegam sem pensar, apenas porque é de graça. Pouco tempo depois elas decidem que não querem mais e se livram do seu gerbil, que nasceu na sua casa e que foi doado com amor. Quando as pessoas precisam pagar pelo animal, mesmo que seja barato, elas pensam 2x antes de decidir e valorizam mais a vida dele.
Você deve vender seus filhotes por que:
  • As pessoas pegam doação mesmo sem querer, só porque é de graça
  • As pessoas não valorizam o que vem de graça
  • As pessoas tratam o animal como um objeto
  • Após enjoar do bicho, as pessoas decidem se livrar dele
  • Quem não tem dinheiro para comprar o gerbil, não tem para comprar gaiola e comida certa
  • Muitos roedores adotados são para virar comida de cobra ou outro animal exótico
 Então venda para desconhecidos e doe apenas para conhecidos que irão cuidar bem com certeza.




Todo criador que se preze já teve que negar pelo menos uma venda. Não dá para vender animais para todo mundo que quer comprar. Você, para ser um criador sério, precisa ter critérios de venda.
Entre eles, você deve observar:
  • A pessoa vai criar o gerbil sozinho ou em dupla?
  • A pessoa vai cruzar parentes?
  • A pessoa conhece/pesquisou sobre os gebils?
  • Se for criança, os pais vão cuidar dos animais para ela? 
  • Em que gaiola, caixa ou terrário a pessoa pretende por os animais?
  • Eles ficarão dentro de casa ou do lado de fora? 
  • Serão para pet ou para alimento vivo de uma cobra?
  • O que a pessoa vai usar para alimentação?
  • A pessoa terá dinheiro para comprar a ração extrusada de qualidade?
  • A pessoa vai usar areia de gato como forração?
  • A pessoa vai carregar eles pelo rabo?
  • A pessoa gosta dos animais ou pretende fazer comércio em cima deles?
Se alguma dessas questões for negativa, ai você deve pensar muito se vai ou não vender esquilos da mongólia para essa pessoa. Nunca venda um animal se ele não for ser bem tratado. Lembre que você é responsável pela vida dos seus filhotes e deve dar a eles uma vida melhor do que a que eles teriam na sua casa.

Eu já neguei várias vendas e sempre irei negar se meus animais não forem ser extremamente bem cuidados.


Não! Quem pensa em reproduzir gerbil por comércio, para ganhar dinheiro, está tremendamente enganado. Não existe lucro nenhum em criar e vender esquilos da mongólia. Eles são animais baratos, que gastam mais do que podem trazer de dinheiro com vendas.

Pense bem, para ser um criador sério, você vai precisar comprar várias coisas. Tenho uma lista com a idéia dos gastos de um casal de gerbil:
  • Gaiola/Caixa/Terrário grande de 150 a 200 reais
  • Areia de Gato de 5 a 14 reais
  • Ração extrusada de 15 a 20 reais o pacote
  • Complementos da alimentação cerca de 15 reais
  • Vitamina cerca de 10 reais
  • Comedouros e bebedouros cerca de 20 reais
  • Animais de 15 a 30 reais em média
Então para iniciar uma criação de um casal de gerbos, você vai precisar fácil fácil de 
pelo menos 300 reais entre gaiola, animais, comida, forração e acessórios. Depois você terá um gasto de cerca de 40 reais por mês em forração e alimentação. Se você quiser ter mais que um casal de gerbils, multiplique esses gastos.

Um casal de gerbil começa a reproduzir normalmente com 3 meses, mas se eles não estiverem a vontade com o ambiente eles seguram as cruzas e não irão reproduzir até estar tudo agradável. Isso pode fazer com que um casal só reproduza após os 6 meses de vida, e ai calcule quanto dinheiro você já gastou antes deles começarem a ter filhotes. Lembre que os filhotes só podem ser separados da mãe com 30-60 dias e que eles consomem muita comida.

Quando você finalmente tiver filhotes de gerbil disponíveis a venda, irá lutar para conseguir compradores que irão reclamar do preço e querer comprar bem baratinho. Se você vender uma ninhada de 4 gerbils (média de filhotes de nasce) a 20 reais cada, conseguiu apenas 80 reais perto de todo o dinheiro que já gastou. E esses 80 reais você vai usar para comprar a ração extrusada e a forração do seu casal para o próximo mês, não existe lucro! O máximo que pode acontecer é vender filhotes para ajudar a pagar as despeszas da criação. Então quem cria, cria pelo amor, não pelo dinheiro.

Se a pessoa, visando o lucro, quiser criar gerbils em caixas pequenas, comendo ração de papagaio e vivendo na serragem para economizar gastos, terá um problema ainda maior. Afinal, em condições ruins os gerbos simplesmente não reproduzem, com comida ruim a mãe não consegue gerar filhotes saudáveis, que nascem com problemas e que morrem por alergia à serragem. Ao invés de ter ninhadas de 4, 5 filhotes a pessoa começa a ter ninhadas pequenas com vários filhotes morrendo. Lucro menor ainda do que criar da forma correta.

Então resumindo:
  • Uma gaiola/caixa correta custa caro
  • A ração correta custa caro
  • A forração precisa ser areia de gato
  • A alimentação de fêmeas reprodutoras é reforçada e precisa de vitaminas extras
  • Um casal demora até ter filhotes
  • Filhotes consomem muita comida antes de estarem prontos para venda/doação
  • Todo comprador sempre irá querer pagar baratinho nos seus filhotes
  • O valor da venda dos filhotes não cobre a despesa de 1 mês do seu casal

Texto: Vivian Roncon

6º Encontro de Roedores DF / 19-03-16

6º Encontro de Roedores em Brasilia!
Local: Parque da Cidade.

Para quem quer fazer parte dos proximos encontros, entre no nosso grupo do facebook e fique atento!

Grupo Encontro de Roedores - DF / Gerbil e Cia