GerbilECia no Insta

Briga de Gerbils. Macho atacado e resgatado!

Brigas entre esquilos da Mongólia não são nada simples... Mordidas, tufos de pêlo arrancados, sangue, mutilações e até mortes. Alguns acabam a luta sem um pedaço do rabo ou com uma orelha cortada.. Nada bonito de se ver.

Se um gerbil tirar sangue de outro eles nunca mais se entenderão! Você pode até conseguir fazer uma nova apresentação, mas a qualquer momento eles podem se desentender. E os gerbils brigões que atacam os outros e chegam a tirar sangue com as mordidas, provavelmente vão atacar outros gerbils no futuro. Os brigões sempre vão brigar uma hora ou outra... Não importa de o outro gerbil é do mesmo sexo ou sexo diferente, idade, grupo ou dupla... Ele acaba se irritando em algum momento e ataca o outro. Não é comum isso acontecer, mas como nós, cada gerbil é diferente dos outros e alguns podem desenvolver essa crise antissocial.


BRIGA EM COLÔNIA

Esse macho claro, na cor Dove, foi atacado hoje pelos outros machos da colônia. 
O grupo de gerbils já vivia junto há 2 anos, sem reproduzir, sem brigas, em paz.

Esses vídeos são da colônia 1 dia antes do ataque. O gerbil agredido é o Dove, o único claro da colônia e facilmente identificado nas imagens. No vídeo ele aparece amigável entre os outros gerbils se amontoando para tirar um cochilo de tarde.






O QUE SE PODE FAZER COM UM GERBO MACHUCADO?

Praticamente nada.... Tenha certeza que ele está em um local confortável e calmo. O nível de estresse é grande e a principal coisa que ele precisa é de descanso. A higiene é muito importante para que ele não infeccione os machucados.

- Ponha água e comida
- Deixe ele com um pouquinho de formação limpa ( não coloque muito para que fiquem pedaços do fundo sem nenhuma formação em cima )
- Coloque um pouco de papel higiênico ou papel toalha para que ele faça um ninho limpo para dormir ( deve ser trocado todos os dias até ele sarar )
- Deixe-o em um cômodo tranquilo da casa
- Dê uma olhada de vez em quando para ver se está tudo bem ou se ele piorou
- Não fique mexendo no gerbil nem tentando pegá-lo


PRIMEIRO DIA


SEPARANDO A VÍTIMA 

Hoje pela manhã eles conseguiram abrir a portinha da gaiola e fugir. Ficaram umas 2 horas soltos pela casa, foram encontrados e devolvidos à gaiola. Mas por algum motivo, depois dessa fuga deles, o macho dominante e um segundo macho o atacaram. Consegui separar rapidamente, mas vocês podem ver que mesmo tendo sido uma briga rápida ele saiu bem machucado.

Esse vídeo eu fiz logo que separei ele do grupo.



A base do rabo e parte traseira de um dos lado está toda mordida. Os pontos escuros na imagem são as feridas. Por sorte, como ele não revidou e apenas ficou tentando fugir, as mordidas foram na parte posterior e menos letal. Ele poderia ter levado mordidas piores no rosto e até ficado cego. Ainda bem que ele é esperto.


O rabinho dele está dobrando demais para um dos lados. Estou com medo que tenham mordido o rabo dele enquanto ele puxava e tentava fugir, quebrando o ossinho. Se o rabo estiver quebrado deve apenas ficar torto... Como as mordidas não foram muito fundas o risco do rabo cair é bem pequeno.


Um dos pezinhos dele também levou uma mordida e ficou bem machucado. Ele não perdeu nenhum dedinho e espero que cicatrize normal!


Ele não revidou nem disputou o território. Apenas bateram nele e o perseguiram. 

Assim que percebi que estava acontecendo um desentendimento peguei o machinho para ver se ele estava machucado e me deparei com esses machucados todos. Ele está muito quietinho, triste e mal abre os olhos. Mas acredito que seja mais pelo estresse passado que pelos machucados. 

Ele me deixou pegá-lo facilmente na mão e para salvá-lo dos outros dois machos eu o coloquei em uma caixa organizadora improvisada. Como eles não podem viver sozinhos, os outros dois machos estavam o atacando e depois seria mais difícil juntá-lo a alguém, separei com ele uma gerbilzinha fêmea mansa.


Acredito que mesmo antes de começarem as brigas os outros dois machos não deixaram ele chegar perto da água e da comida... Deduzi isso porque assim que o resgatei ele começou a comer e beber sem parar por vários minutos. Se não tivesse sido separado morreria hoje mesmo. Se ele sobrevivesse às mordidas provavelmente morreria de fome, o importante é saber que se você não identificar as brigas rápido seu gerbil pode morrer!

Observe todos os dias seus animais mesmo que por alguns poucos minutos. Dê água e comida enquanto observa o modo com que eles se comportam. Se todos estão andando por todos os lugares, se alguém está escondido em um canto, se alguém está machucado, coisas assim. Gerbil acuado é gerbil que está sendo caçado por outro!


SEGUNDO DIA


O gerbil dormiu bem, a fêmea que está com ele é bem boazinha e aparentemente eles se darão bem juntos.

Ele já começou a andar mais pela caixa e até começou a cavar os cantos novamente. Aparentemente o dano psicológico já está passando! Quanto aos machucados, hoje com o sangramento estancado já é possível ver as mordidas. Os pontos pretos na foto são os buraquinhos e uns são bem fundos.


Mas o fato dos machucados estarem saquinhos é um bom sinal de que irá cicatrizar fácil. O que me deixou preocupada é que os olhinhos, que ontem estavam normais, hoje estão com um pouco de sangue nos cantos. Olhando bem dá para ver que os olhos em si estão bem, se existe algum machucado é só pelo lado de fora, mas lembrando que a lágrima do gerbil é avermelhada, é possível que ele esteja lacrimejando apenas. De qualquer forma não ficou cego! Por mais que pareça uma "carninha" é apenas lágrima.


Vamos verá agora como ele segue os próximos dias! Pelo menos já está mais calmo por perceber que está em segurança.


UMA SEMANA DEPOIS DO ATAQUE

O Gerbil está bem, feliz, apaixonado pela femeazinha e cicatrizando. Nessa foto dá pra ver os cascões de onde ele foi mordido.


Onde machucou ficou sem pêlo. Os machucados menores já perderam o cascão e ficaram com a pele fina.... A parte traseira dele está cheio de buracos na pelagem, mas acredito que em uma semana deva estar crescendo um pêlo novo. Esse machucado que ainda aparece era o maior de todos! Era um buraco fundo e por isso ainda não cicatrizou totalmente.

Os olhos não estão normais e a patinha que tinha levado uma mordida grande perto dos dedos também está bem, quase não aparece mais o local do machucado.

TRÊS SEMANA DEPOIS DO ATAQUE

O gerbil agredido está totalmente recuperado. Ele recebeu o nome de Castiel (sim! Supernatural hehe) e a fêmea que ficou com ele foi nomeada Meg. Eles se deram muito bem, continuam muito mansos e saudáveis. Os cascões caíram e o pêlo cresceu normalmente no lugar dos machucados.
 
Texto e Imagens: Vivian Roncon