Pesquise Aqui!

Custom Search

Respeite o Blog!

O conteúdo aqui encontrado foi escrito por mim, com base em muito estudo, conversa com criadores brasileiros e estrangeiros, consultas com veterinários e com especialistas em roedores e animais exóticos. Nos meus artigos eu passo um pouco da experiência que adquiri desde 2003 criando esquilos da mongólia, então não roube o meu material, pois isso é crime. O intuito aqui é ajudar os gerbils e seus donos! ^_^

Dentes

Como todos sabem, gerbils são roedores. Essa é um ordem da classe dos mamíferos que corresponde a 40% da classe inteira! Em outras palavras, quase metade de todos os mamíferos da Terra são roedores.

Pois bem, a principal característica dos roedores é ter dentes fortes e capazes de destruir madeira e materiais parecidos. Essa imagem foi retirada da Wikipédia e mostra como é a dentição deles!

Imagem: Wikipédia
Na imagem vemos o par de incisivos na parte de cima e o par na parte de baixo. Esses são os dentes responváveis pela fama dos roedores! Os gerbils, todos sabem, amam roer! E não é apenas por isso que devemos dar a eles algo para roer... É também porque TODO roedor precisa roer muito, muito, muito para que estes dentes incisivos não cresçam demais! 


DENTES DO TAMANHO CORRETO
Imagem: ham-hamblog.blogspot.com.br
Os dentes dos gerbils, como os de todos os roedores e lagomorfos (coelhos e lebres), crescem continuamente. Por isso é importante que o animal roa, desgastando os dentes sempre, para evitar que estes cresçam mais do que podem!

Você deve oferecer aos seus Gerbils e hamsters, alimentos duros próprios para eles, como bastões minerais de cálcio, brinquedos de madeira para roedores, osso de siba, labina, ou então ofereça ossinhos para cães em formato de palitinhos ou ração para cachorros de grande porte. No caso dos esquilods da mongólia, o hábito de roer papelão pelo menos uma vez por semana ajuda muito a manter os dentes do tamanho correto.


DENTES GRANDES DEMAIS
Se o gerbil ou hamster não, roer os dentes podem crescer tanto que ele não consegue mais fechar a boca. Ele vai parar de comer e morrer de fome. São sinais que o animal está com problemas na dentição são:
  • Ele não fecha a boca
  • Os dentes estão para fora
  • Ao abrir a boca os dentes debaixo e os de cima ficam quase se encostando
  • Sangue na boca
  • Saliva em excesso no queixo e bochecha
  • Machucados nos lábios 
  • Dente entrando na carne
  • Rosto inchado
  • Animal tenta mas não consegue comer
Imagem: minicoelhos.blogspot.com.br

CORTANDO OS DENTES
Se alguma dessas coisas estiver acontecendo você deve levá-lo até um veterinário exótico que vai querer lixar ou cortar os dentes grandes. Isso só deve ser feito por um veterinário! Ele pode usar uma tesoura, uma lixa, ou algo do gênero para diminuir o tamanho dos dentes e salvar o animal. Existe um alicate especial para isso e o gerbil precisa ficar muito bem imobilizado durante o processo para que ele não se mexa e se machuque. Criadores caseiros e inexperientes não devem tentar aparar os dentes dos seus roedores para evitar problemas ainda maiores e o sofrimento do animal! Se for feito errado, o dente pode ser cortado muito na raiz, expondo a polpa e correndo o risco de infecção e necrose, matando o animal. 

Se o dente estiver pouco maior que o correto, compre coisas duras e dê para ele roer. Se o dente estiver muito maior que o correto, leve-o ao veterinario.


DENTES QUEBRADOS 
Se o gerbil ou hamster estiver com o dente quebrado, pode ter dificuldades para comer! Isso também pode acontecer após aparar os dentes grandes. É comum o veterinário cortar o dente do roedor (ou o próprio dono tentar cortar sozinho) e deixar os dentes curtos demais. Ai o animal não consegue quebrar as sementes e roer a ração extrusada. Para que ele não morra de fome é preciso oferecer uma alimentacao diferente enquanto o dente cresce.

- Ovo cozido
- Banana amassada
- Maçã raspada
- Ração EXTRUSADA molhada para amolecer
- Ração de cachorro molhada para amolecer
- Biscoito para cães molhado para amolecer
- Bolacha sabor água ou integral, molhada para amolecer
- Ervilha cozida ou em conserva
- Cenoura cozida amassada

Você deve deixar a ração normal dele na gaiola, preferencialmente com sementes pequenas como as misturas para canários e periquitos, e ir dando um pouco de alimento mole todos os dias. 

Quando um dente quebra, o dente que fica na posição oposta a ele começa a crescer mais que o normal, por não ter mais o dente que segurava ele no lugar. Dessa forma, um gerbil ou hamster com dente quebrado deve ser observado com frequência para que o dono possa saber se o dente oposto está crescendo demais. Quando isso estiver acontecendo um veterinário deve se procurado! Nesses casos, como o dente deverá ser aparado frequentemente, o veterinário deve mostrar e ensinar o dono a cortar o dente do seu animal em casa.


FORTALECENDO DENTES E OSSOS
Hamsters e gerbils idosos têm menos cálcio e maiores chances de quebrar os dentes, até mesmo roendo as grades da gaiola. Então é bom ficar de olho e oferecer um suplemento Vitaminico de vez em quando se eles não comerem uma ração extrusada boa. As rações extrusadas já tem vitaminas na dose certa.

Uma opção de comida para suprir a necessidade de cálcio é o biscoito para cães, que tem muitos nutrientes e vitaminas, além de desgastar os dentes. Evite biscoitos sabor carne! Dê apenas aqueles biscoitos em formato de ossinho, sabor leite, vegetais ou frango, normal ou integral. 

Outra opção de fonte de cálcio é casca de ovo! Você pode lavar a casca do ovo, deixar ela secar e depois quebrar ela em pedaços do tamanho de unhas e misturar ao mix ou colocar a casca inteira na gaiola para eles roerem!


CÁRIES EM ROEDORES
Sim, como todos nós eles também podem ter cáries. Por isso é importante não dar nenhum petisco com açúcar ou chocolate para eles e evitar dar muitas guloseimas para roedores que possuem ingredientes doces, como o mel por exemplo. Os pequenos roedores estão tendo cáries com maior frequência nos últimos anos e tudo indica ser o excesso de mal e frutas cristalizadas presente nas rações e petiscos. 

Um gerbil com cárie começa a não comer direito, apresenta salivação excessiva e pode ter inchaço no rosto, geralmente na área da bochecha. O animal começa a emagrecer muito por não conseguir se alimentar direito. 

Se a cárie for identificada, o veterinário deve pedir uma anestesia geral e extrair o dente cariado do gerbil ou hamster. 


Texto: Vivian Roncon
Imagens: