Pesquise Aqui!

Custom Search

Respeite o Blog!

O conteúdo aqui encontrado foi escrito por mim, com base em muito estudo, conversa com criadores brasileiros e estrangeiros, consultas com veterinários e com especialistas em roedores e animais exóticos. Nos meus artigos eu passo um pouco da experiência que adquiri desde 2003 criando esquilos da mongólia, então não roube o meu material, pois isso é crime. O intuito aqui é ajudar os gerbils e seus donos! ^_^

AVC - Acidente Vascular Cerebral

O Acidente Vascular Cerebral é conhecido pela perda da função neurológica que ocorre pelo entupimento ou rompimento dos vasos sanguíneos cerebrais. O AVC tem início súbito, onde o animal pode apresentar paralisia ou dificuldade de movimento. Nos gerbils, tanto quanto nos humanos, um AVC pode evoluir para coma, sequelas ou morte.

 
QUANDO OCORRE?
Quando o tecido cerebral morre. Pode acontecer por dois motivos:
  • Isquemia - Entupimento do vaso. Nesse caso a falta de oxigênio provoca a morte do tecido cerebral. O vaso pode entupir por conta do colesterol ou por coágulos soltos na corrente sanguínea que páram no interior do cérebro. Ao bloquear um vaso cerebral, o sangue com oxigênio não consegue entrar e cirular, provocando a morte do tecido.
  • Hemorragia - Rompimento do vaso. Nesse caso o tecido morre pelo excesso de sangue solto pelo cérebro na cavidade. A hemorragia pode ocorrer após uma queda, trauma, ou sem motivo aparente quando o vaso sanguíneo simplesmente se rompe.

Você sabe que o gerbil teve um AVC quando ele fica com uma metade/parte do corpo paralisada ou com uma fraqueza inexplicável. O animal pode perder o movimento das patas ou apenas ficar com ddificudade de movimentação, andando arrastando as patinhas. Os gerbils doentes e os mais velhos são os principais afetados pelos Acidentes Vasculares Cerebrais. O animal pode se recuperar totalmente, ficar com sequelas ou morrer.

Atenção!
Em um caso de AVC o gerbil pode ficar muito quieto como se dormisse um sono profundo. É possível que o dono pegue nele, ou mesmo o retire da gaiola, sem que o animal acorde. Nesse caso, um AVC deve ser levado em conta e um veterinário deve ser procurado imediatamente! Lembre que gerbils não hibernam como os hamsters.


COMO TRATAR:
Como em todos os casos, um veterinário de animais silvestres, exóticos ou especializado em roedores deve ser consultado, mesmo que por telefone. Ele irá dar o diagnóstico fiel e passar as recomendações do que você deve fazer. Lembre-se, em animais pequenos um dia pode ser questão de vida ou morte, já que o metabolismo deles é muito acelerado.
O gerbil deve ser aquecido e alimentado com papa para bebês ou ração para desmame de gatos em uma seringa. Com o passar dos dias o gerbil ficará mais forte e conseguirá se alimentar sozinho, não necessitando mais da alimentação na seringa. Se o animal não tiver novos AVCs pode se recuperar totalmente sem sequelas. Quando acontece de


Texto: Vivian Roncon
Fonte Base:
Gerbos Portugal em: gerbosportugal.forumeiros.net
Wikimedia Commons em: http://commons.wikimedia.org/wiki/Commons:Bem-vindo