Pesquise Aqui!

Custom Search

Respeite o Blog!

O conteúdo aqui encontrado foi escrito por mim, com base em muito estudo, conversa com criadores brasileiros e estrangeiros, consultas com veterinários e com especialistas em roedores e animais exóticos. Nos meus artigos eu passo um pouco da experiência que adquiri desde 2003 criando esquilos da mongólia, então não roube o meu material, pois isso é crime. O intuito aqui é ajudar os gerbils e seus donos! ^_^

Sobre a Genética do Gerbil Malhado (todos os genes spotting)

Todo mundo que cria gerbils aprende que "não pode cruzar malhada com malhado porque os filhotes morrem". Mas nesse post vou explicar que não é bem assim! Os filhotes morrem logo após o óvulo ser fecundado, dando espaço para que outro óvulo saudável seja fecundado e dê origem a um filhote bom. Eu particurlamente cruzo gerbils spotteds entre si e consigo filhotes muito interessantes! Afinal, é cruzando gerbils de marcações diferentes que você consegue novas marcações para o seu plantel! Não entendeu? Calma, vou explicar!


  • Ninhadas menores nas cruzas malhado x malhado?
Em um monte de sites de gerbil, eles relatam que a criação de dois gerbils malhados irá produzir ninhadas pequenas, pois os roedores que são homozigotos (SpSp) nunca virão a existir no útero. Esta informação está errada e precisa de alteração! Embora o gene Sp seja descrito como pré-natal letal, isso não significa necessariamente que ele resulta em ninhadas menores.

No caso das manchas Dominantes no gerbil Sp+, a gravidade da anemia macrocítica no embrião homozigoto vai provocar a sua morte bem antes de qualquer desenvolvimento, dando oportunidade a que estes embriões sejam substituídos por novos embriões saudáveis e não homozigotos. Entedeu? Eles realmente morrem se receberem o Sp dominante do pai e o Sp dominante da mãe, mas outro embrião toma o lugar dele no útero, dando origem a uma ninhada normal.

É por isso que muitas vezes vemos ninhadas normais de pais marcados Sp+. Se você está enfrentando o problema de ninhadas pequenas, procure analisar se não está na hora de colocar sangue novo na sua criação! Cruzar sempre gerbils parentes, uma má seleção das matrizes, pode reduzir a fertilidade do casal e prejudicar a criação. Quando você estiver passando por esse problema, procure um criador legal e pegue alguns filhotes bons com ele. Alguns criadores até gostam de trocar filhotes, justamente para melhorar a criação.



  • Filhote homozigoto e mesmo assim nasceu?
Em ocasiões muito raras, alguns criadores notaam um filhote natimorto com marcação. Agora, na teoria, SPSP gerbils seriam gerbils brancos de olhos pretos. No entanto, a anormalidade no desenvolvimento da crista neural que leva à formação de manchas e ligeira anemia em SP+ gerbils será muito mais pronunciado em um indivíduo homozigoto (SpSp) e a gravidade da anemia macrocítica irá matar estes embriões bem antes de qualquer desenvolvimento.

Genes de marcação (spotting genes) em muitas espécies domésticas podem levar a animais que são homozigotos, mas também tendem a sofrer de muitas coisas, como crânios deformados ou mandíbulas, olhos ausentes ou malformados, surdez e problemas neurológicos graves. A morte ocorre em algum momento de desenvolvimento devido à incapacidade de comer, doenças (já que tem menos imunidade), ou através de outras complicações como megacólon. 

Em gerbils marcados heterozigotos, só aparece uma ligeira anemia, tão leve que não afeta a saúde, reprodução e longevidade. Assim, parece que gerbils marcados homozigotos provavelmente tem anemia macrocítica de tal gravidade que pode causar sua morte na condição de pré-natal, ou antes de 1 ano de idade.

  • Spsp & spsp?
O normal é gerbilo selvagem ++ no locus spotting, e em contraste, o gerbil marcado é designado como Sp+. Então, tecnicamente, é uma rotulagem incorreta gerbil como Spsp ou spsp. No entanto, na prática, é mais fácil e faz tanto sentido apenas para rotular um gerbil marcado como Sp e deixar o lugar vazio por um gerbil não marcado.

  
  • A nova mutação Spotting no Gerbil ou Esquilo da Mongólia?
 
Cerca de 2.500 gerbils começaram a aparecer na Alemanha e especialmente na Suíça e República Checa com branco em excesso de 85% + em sua pelagem. A cor base desses roedores é difícil de reconhecer e a cor é expressa em poucas regiões do corpo (geralmente, orelhas, costas e cauda) e elas aparecem muito diluídas. Eles são referidos como "Extreme White" ou gerbils Branco Extremo.

A forma heterozigótica é conhecido como "patas brancas" e tem aparecido em  babadores e meias. Ao contrário do dominante SpSp que mata o feto homozigoto, estes homozigotos SlsSls nascem vivos. A cor do revestimento branco extrema parece ser produzida pela combinação dos dois genes da mancha. Mesmo um cruzamento simples com um gerbil dominante normal e o novo gene da mancha heterozigótica produzirá gerbils branco extremos.

O genótipo seguinte é assumido para diferentes padrões de manchas, com base na combinação de genes:
  • + + = Gerbil normal sem marcação, cor sólida
  • Sp + = Spotted gerbil com Sp ​​normal - padrão marcado, como spotted ou pied
  • Sls + = Patas Brancas ou White Paws (WP)
  • Sp + Sls + = Branco Extremo ou Extreme White (EW)
  • SlsSls = Rumpblack, gerbil branco puro com único ponto não diluído na garupa, encontro da costa com o rabo, ocasionalmente com marcas na cabeça - fenótipo letal (RB)
  • SlsSls Sp + = Completamente branco com olhos negros - fenótipo letal (BEW)  
       
Tradução, Adaptação e Texto: Vivian Roncon
Fonte  em Inglês e Imagens: http://egerbil.com/