Pesquise Aqui!

Custom Search

Respeite o Blog!

O conteúdo aqui encontrado foi escrito por mim, com base em muito estudo, conversa com criadores brasileiros e estrangeiros, consultas com veterinários e com especialistas em roedores e animais exóticos. Nos meus artigos eu passo um pouco da experiência que adquiri desde 2003 criando esquilos da mongólia, então não roube o meu material, pois isso é crime. O intuito aqui é ajudar os gerbils e seus donos! ^_^

Fugas e Escapadas

Gerbils são teimosos e super inteligentes. Você que cria sabe melhor do que ninguém que eles tem um gêniozinho forte e por isso costumam ser ótimos fugitivos.

Se você usa um aquário ou caixa organizadora adaptada como terrário, é essencial que tenha uma tampa e se certifique de que não há meio de escaparem. Grades largas em gaiolas também são ruins, pois permitem a fuga de filhotinhos se você reproduzir. 


Se eles fugirem, feche todas as saídas de todos os cômodos da casa, ponha os gatos e cachorros para fora, ou num quarto fechado que você tenha CERTEZA que o gerbil não está, e comece a procurar. Eles são pequenos, mas super rápidos e ótimos saltadores... Então procure primeiro por perto de onde o aquário/terrário está. Eles não costumam se afastar muito.


Mova-se devagar, olhando embaixo e atrás dos móveis ou no canto do armário mais próximo. Quando você o localizar sente-se calmamente e espere que ele saia. Eles normalmente não resistem a vir investigar o que está acontecendo. Se eles forem dóceis, confiantes e reconhecerem em você a fonte da boa comida chegarão perto o suficiente para que você cuidadosamente os recolha.

Você pode nesse momento por um pouco de ração no chão, perto de você e ver se ele sai para comer algumas deliciosas sementes de girassol. Freqüentemente o gerbil voltará direto para sua gaiola, se esta é colocada no chão, principalmente os filhotes.

Mantenha um pedaço de tubo de PVC de cerca de 50 cm à mão. Deixe-o no chão perto de onde eles estão se escondendo. Sente-se a certa distância e fique quieto. Quando o gerbil vier investigar o tubo, jogue uma toalha por cima dele, tapando as duas pontas. Rapidamente, mas com cuidado, ponha suas mãos nas pontas do tubo. Para esta operação, você terá apenas alguns segundos. Uma caixa de sapatos com um buraco pequeno em um lado também funciona neste caso.

Se você não conseguir resgatar seu gerbil de jeito nenhum, ou não puder encontrá-lo, espalhe sementes de girassol com um prato de água no cômodo (ou em vários cômodos, se você não puder identificar onde ele está). Conte o número de sementes, e volte para conferir depois. Assim que você encontrar as cascas, saberá onde o gerbil andou. Você poderá então construir uma armadilha com rampas subindo de um lado de uma torre alta o suficiente para que ele consiga pular para dentro da armadilha. A idéia é que ele consiga pular para dentro mas não escalar para fora novamente.

Se você estiver perto o suficiente para pegar o gerbil, tente jogar um pano sobre ele e pegar cuidadosamente com as mãos. Não pule no chão para pegá-lo rápido, pois você pode errar e amassá-lo... São animais super frágeis e qualquer apertão pode danificar um órgão do bichinho e matá-lo. Cuidado sempre é bom.


Traduzido e adaptado por Vivian Roncon de:
http://latinoamerica.agsgerbils.org/